29 de novembro de 2011

Simulado de Língua Portuguesa com Gabarito

Texto 1

O CASO

É sempre interessante observar as diferentes "cargas" que as palavras adquirem com o tempo.
Um belo exemplo é a palavra oportunista. Segundo os nossos dicionários, oportunista é "o que aproveita as oportunidades". Analisando a fria definição do dicionário, não percebemos a carga negativa que a palavra apresenta hoje em dia. Na sua opinião, que é um político oportunista? Para você, ele é um bom ou um mau político?
Até no futebol a palavra pode criar problemas. É frequente ouvirmos narradores e comentaristas esportivos: "É um atacante muito oportunista". Observe que, nesse exemplo, não há carga negativa alguma. Estamos diante de um atacante que sabe aproveitar as oportunidades, sabe fazer gols, é o "matador". Entretanto, é possível que um ou outro ouvinte ficasse em dúvida ou não gostasse de ouvir a respeito do seu ídolo: "O Romário é um cara oportunista" ou "O Edmundo é um jogador oportunista".
Sem dúvida, é um caso polêmico. Não é uma questão de certo ou errado. Devemos é tomar cuidado com o uso de certas palavras, pois, em determinadas situações, pode haver alguns constrangimentos.
(Sérgio Nogueira)

01. Dizer que "Romário é um cara oportunista" ou "O Edmundo é um jogador oportunista" pode deixar um torcedor aborrecido porque ele (o torcedor):
a) gosta do Romário, mas não gosta do Edmundo.
b) gosta do Edmundo, mas não gosta do Romário.
c) não gosta do Romário nem do Edmundo.
d) gosta um pouco do Edmundo e um pouco do Romário.
e) entende que seu ídolo se aproveita dos outros.

02. "Sem dúvida, é um caso polêmico."; a polêmica muitas vezes é gerada por vários tipos de ambiguidade, o que NÃO ocorre na frase.
a) Professor libera seus alunos para ver o jogo da nossa seleção.
b) Antes de sair, minha mãe quis abençoar-me.
c) O rapaz viu os cabritos descendo o morro.
d) Deixei ir ao colégio os alunos.
e) O policial encontrou os ladrões correndo em direção à estação.

03. Em "é sempre interessante observar as diferentes "cargas" que as palavras adquirem com o tempo"; o vocábulo "cargas" está empregado com a acepção de:
a) algo com valor negativo.
b) algo com valor positivo.
c) diferentes matizes semânticos.
d) pressão social sofrida pelas palavras.
e) tolerância significativa das palavras.

04. "É sempre interessante observar as diferentes "cargas" que as palavras adquirem com o tempo."; se desenvolvermos a forma do infinitivo de maneira adequada ao texto, teremos:
a) É interessante observarmos as diferentes "cargas" que as palavras adquirem com o tempo.
b) É interessante observares as diferentes "cargas" que as palavras adquirem com o tempo.
c) É interessante a observação das diferentes "cargas" que as palavras adquirem com o tempo.
d) É interessante que observem as diferentes "cargas" que as palavras adquirem com o tempo.
e) É interessante que observemos as diferentes "cargas" que as palavras adquirem com o tempo.

Texto 2
DE ONDE VÊM AS PALAVRAS

A DAR COM UM PAU

Esta frase, indicando abundância, nasceu no Nordeste. Vindas da África, milhares de aves de arribação, extenuadas pela travessia do Atlântico, pousam nas lavouras em busca de alimento.
Chegam cansadas e famintas, quase desabando sobre o solo. Os sertanejos, porém, não têm nada com isso e aqueles bandos representam séria ameaça às plantações. Ou eles matam as aves ou depois não terão o que comer. Desaparelhados para o combate, antigamente os agricultores matavam os pobres pássaros a pau, e não aparecia nenhum ecologista para defendê-los.
(Deonísio da Silva)
5. Em "De onde vêm as palavras", o conector que inicia a oração apresenta contribuição semântica (valor nocional); o item em que a preposição (sozinha ou combinada) apresenta valor relacional é:
a) nasceu no Nordeste.
b) extenuadas pela travessia.
c) pousam nas lavouras.
d) ameaça às plantações.
e) para defendê-los.
06. "Vindas da África, milhares de aves de arribação..."; o vocábulo destacado significa que chegam:
a) de lugares altos.
b) de outros lugares.
c) exaustas.
d) doentes.
e) famintas.

07. "...em busca de alimentos."; apresenta o mesmo valor semântico do encontrado em:
a) chegam cansadas e famintas.
b) quase desabando sobre o solo.
c) não terão o que comer.
d) os pobres pássaros a pau.
e) para defendê-los.


 
Texto 3

A PROFECIA

Em Delfos, na Grécia, havia um templo em que, periodicamente, se cultuava ao deus Apolo. Das fendas de uma rocha se desprendiam emanações e as pitonisas (sacerdotisas de Apolo), aspirando essas emanações, entravam em transe e proferiam frases enigmáticas que eram tidas como profecias, oráculos. E precisavam ser interpretadas. Tinham duplo sentido, eram ambíguas. Às vezes, eram ditas palavras soltas e os intérpretes procuravam achar um sentido.
Certa vez, um rei foi à guerra e mandou consultar o oráculo (pagando um bom preço) para saber o resultado. A pitonisa proferiu palavras soltas, sem nenhuma entoação, que em português, seriam equivalentes a: "Voltarás. Não morrerás!" Mas... o rei perdeu a guerra e morreu na batalha. Seus descendentes foram queixar-se ao oráculo. E lhes foi dito que a profecia estava certa: a interpretação é que tinha sido errada. O oráculo quis dizer: "Voltarás? Não! Morrerás!"

08. A profecia não foi interpretada de modo correto por problema de entoação; o item cujo segmento NÃO apresenta ambiguidade por problema de entoação é:
a) Traga seu carro para nós ele vale o maior preço do mercado.
b) O menino semana passada viu balões coloridos.
c) Ela não foi a bordo adoeceu e mandou o marido.
d) Os analistas desistiram logo o curso foi um fracasso.
e) Os técnicos acompanhados da secretária do diretor e um coordenador foram à reunião.

09. A anteposição ou a posposição de alguns adjetivos aos substantivos implica mudança de significado como ocorre com a expressão do texto: bom preço (preço alto) / preço bom ( preço razoável), o que NÃO se verifica no seguinte item:
a) duplo sentido / sentido duplo.
b) puro ato / ato puro.
c) santo homem / homem santo.
d) bom rapaz / rapaz bom.
e) vários homens / homens vários.




4 comentários:

  1. Gabarito:
    1. E 2. D 3. C 4. E 5. D 6. B 7. E 8. B 9. A

    ResponderExcluir
  2. Este ai é o gabarito ???????????

    sei não

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sahuahusahsuhuauhsuahsa

      Excluir
  3. Como dito, o simulado é do site Eu Vou Passar. Não sou professor de Português. Mas, se quiser contribuir com seu conhecimento, posso corrigir eventual incorreção.

    ResponderExcluir

Top 10 - Concursos Públicos